terça-feira, 5 de abril de 2011

Amigo² = Irmão


Em todo o tempo ama o amigo e para a hora da angústia nasce o irmão.
Provérbios 17:17

Eu pude experimentar bem esse versículo: Vi um irmão nascer.
E olha que o ambiente para que isso ocorresse não é o mais propício: No trabalho.
Trabalho esse que hoje ficou mais triste, aliás, bem mais triste.
Muitas pessoas perderam um grande colega de trabalho (já que nem todos manterão contato), e eu perdi um AMIGO no trabalho, mas felizmente permanece O IRMÃO.
Daniel (Francisco) de Paula é o nome do meu irmão.
Cara, obrigado pela amizade verdadeira cultivada nesse período em que trabalhamos juntos, passamos muitas alegrias, tristezas, mas grande parte foi de muitos risos, afinal, tudo era motivo para criarmos um cenário favorável para aqueles que nos cercam, somos parecidos. Sem contar as incontáveis peças teatrais, ou como queira, esquentes que criamos em bate papos que faziam nossos dias mais agradáveis.
Aprendi muito contigo irmão, aprendi a amar sua família com muito carinho com a qual sempre fui recebido pela Letícia e pelo pequeno André a qual acompanhei, mesmo que de longe, a geração e o nascimento, claro, você sempre detalhista, sempre nos mantinha bem informados: Cara, o André sorriu pra mim (detalhe, ele tinha 2 meses ainda na barriga da Lêla..rsrs). 
O que fica de bacana em tudo isso, é que as pessoas vão e voltam, outras nem voltam, não existem vínculos, mas “perdeu playboy” rsrs temos um vínculo: somos irmãos.
Precisando amigo, é só chamar, afinal os irmãos estão aí para isso.


2 comentários:

Wagner Oliveira disse...

Faço estas as minhas palavras meu caro amigo-irmão, que Deus continue derramando uma chuva de bençãos em suas vidas, e pode ter certeza que Ele jamais vai te desamparar e que você é mais que vencedor em Cristo Jesus.

Arte & Mensagem disse...

É amados, não se preocupem pois estarei com vocês sempre. Afinal mesmo que eu nunca mais os veja nesta vida estaremos juntos na gloria, tudo é uma questão de tempo rsrsrsrs. Mas até que cheque nosso grande dia, estarei sempre com vocês seja nos festivais de dança de ambos os ministérios, nas apresentações, nos intercambios, nos almoços (com direito ao strogonof na Lê). Amo vocês e é por isto que não preocupei com minha saida. Afinal não teremos muitas oportunidades de estarmos juntos. Grande abraço... Daniel de Paula (esquece esta tal de chico kkkkkk)